• Jú Santana

Anúncios Vendem?

Atualizado: Out 13

Olá amigos leitores que maravilha vocês por aqui. Bom, essa uma frase bem polêmica, porém fácil de ser explicada.




O Google sem Dúvida, é minha paixão, meu xodó, meu ganho de vida. Quando bem configurado e otimizado, ele aumenta muitoooooo seu faturamento. Ele aumenta sua carta de clientes, atinge o máximo de pessoas com a verba disponibilizada e consolida e muito sua marca no mercado.



Juuuuuu.... Então, depois dessa explicação, os Anúncios no Google vende?


A resposta é um grande e sonoro: NÃÃÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO.


Meu Deus como assim? Você está maluca? a Resposta é não?


Não estou maluca. O Google leva tráfego e não vendas. Vejamos o que isso quer dizer?


Veja só! Nós fazemos os anúncios. Para chamar atenção do seu cliente!

Os anúncios possuem um objetivo (campanha), depois montamos os serviços ou produtos por categoria (grupos de anúncios) e depois fazermos os anúncios (aquele azul que aparece no Google quando pesquisado). O anúncio básico é composto de: Título, Descrição, Site.


Quando fazemos a sua empresa aparecer no Google aplicando o marketing digital Inteligente (estratégias específicas e únicas para cada cliente + otimização diária) começa a chover de cliente no seu estabelecimento de acordo com seu objetivo:


  • Ligações

  • Chamadas no WhatsApp

  • Ir até sua empresa

  • E-mail

  • Cadastro para captação de Leads

  • Consolidar Marca, dentre outros

Aí suponhamos que você diga: "Eu preciso de pelo menos 5 clientes a mais por dia"


Aí... Recebo uma ligação. "Júuuu minhas vendas estão ruins. Hoje não fechei nenhuma."

e aí eu devolvo com uma pergunta: "Quantos contatos (clientes) eu levei hoje?"

O meu cliente responde: "Ahhhhh... uns dez... mas eu não fechei venda".



"Ou seja o Google leva tráfego, leva cliente, leva gente, leva contatos... Mas, quem vende é você.. Então por isso, o Google não vende." Jú Santana

Entenderão a grandeeeeeee diferença... Opa eu levei 10 clientes. Clientes certos, público alvo certo, procurando pelo seu produto.


E aí muitas vezes o cliente acha que o cliente é só "curioso", "só cotando" é óbvio que o cliente pesquisa primeiro, e aquele vendedor precisa passar confiança, falar os prazeres do seu produto, fazer uma investigação rápida, e curar a dor nele no primeiro contato. Você acha que sua concorrência faz isso? Não. Então você precisa sair do igual, você precisa fazer abordagens diferentes.


Vejamos na prática um exemplo:


PRIMEIRO EXEMPLO - PERDER O CLIENTE

Telefone toca: Tilintilintliim "Espaço De Massagem, Juliane bom dia"


Atender com voz de preguiça ou desânimo. Já perdeu o cliente.


Cliente - "Quanto custa a massagem Relaxante?"


Você - R$90,00 - vamos agendar?


Cliente - "Ahh tá Obrigada, só para saber o preço mesmo"



SEGUNDO EXEMPLO DE CONVERSÃO - FECHAR A VENDA

Telefone toca: Tilintilintliim "Espaço De Massagem, Juliane bom dia"


Nesse momento, sua voz precisa estar firme, empoderada, confiante, alegre. O cliente sente seu tom de voz.


Cliente - "Quanto custa a massagem Relaxante?"


Você - "Então, qual é seu nome?"


Cliente - "Maria"


Você - " Então Maria, muito feliz pelo seu contato, qual é o intuito da massagem! é relaxar mesmo? ou você está sentindo dor?


Cliente - "Então milha filha, tô com muita dor nas costas"


Você - "Ah entendo, nossa sentir dor é muito desagradável" "Mas nós temos uma massagem para dor - Se chama "Curativa" (são 4 massagens em uma só: relaxante + ventosa + reflexologia + Técnicas chinesas) ela trabalha a circulação dos músculos, o músculo quando trava, ele fica com pouca circulação, e aí sua dor aumenta, essa massagem vai trazer a circulação e a você já vai sentir um alívio imediato após a massagem".


Você: - "A nossa terapeuta especialista nessa massagem é a Mariana, você vai amar, as mãos dela parecem de fada, temos muitos retornos positivos. Então o preço é R$90,00, vamos agendar? tenho horário para hoje!



Análise Estratégica:





Nesse exemplo tocamos na dor do cliente "sentir dor é muito desagradável" e logo viemos com o a solução "nós temos uma massagem para dor", explicando para o prazer "(ela funciona assim assado e já logo na primeira sessão já sentira alívio imediato"


Logo trago mais prazer "mãos de fada" e gatilho da prova social "temos muitos retornos positivos" lanço o preço e termino com uma call to action (Chamada de ação): "Vamos agendar? tenho horário hoje"


Também é importante observar tenho um horário com urgência para essa cliente que está com dor. Ninguém que sente dor, pode esperar uma semana ou dois três dias que seja.


Sério com essa técnica você dificilmente perderá o cliente. Até podemos concluir que: Talvez o cliente nem feche naquele momento, por algum motivo. Mas você pode ter certeza que quando ela precisar novamente, vai lembrar de você ou até te indicar só pelo tratamento recebido no telefone.


Para você que tem uma empresa de marketing e presta esses tipos de serviços. Tenha uma comunicação clara com seu cliente, sobre esse assunto, diga que o google leva tráfego e a empresa dela (e) é responsável para o fechamento final do cliente.


Você também pode ajudar dando dicas, ideias, através dos dados coletados. E assim estreitar ainda mais a relação com seu cliente.


E você cliente final que está lendo esse post, verifique suas abordagens, suas estratégias. Se tem colaboradores analise seus comportamentos perante o cliente. Testes novas abordagens, e planilhe tudo, para que você descubra o que mais funciona.


Dessa forma você aumenta seu faturamento, pois conversão perdida e dinheiro no lixo.


Abraços


Jú Santana

Mais Clientes


Mais Clientes 2019 - Todos os direitos Reservados

Home Office

  • Vou até você ou

  • Atendimento Online

Ligue

T: 034 9 9166-4304