• Jú Santana

Gestão de Conflitos! Gestão Estratégica Já

Atualizado: Ago 20

Área: Gestão Empresarial

Foco: Eliminar Problemas


O mundo empresarial vive se deparando com conflitos empresariais de todos os tipos: Com gestão, colaboradores, clientes, financeiro, dentre outros. Antes de falarmos sobre os problemas em si, quero que entenda um ponto principal: Uma empresa cheia de problemas (vários problemas ou problemas recorrentes) é uma empresa doente. E uma empresa doente geralmente é cultural ou seja, a maneira que os chefes ou gestores agem e se comportam dentre da empresa cria sua cultura empresarial.





Quais ações ou comportamentos?

  • Como você chega na empresa? você dá um "Bom dia sincero e agradável para os colaboradores?

  • Como é seu tom de voz, com eles? é amigo ou é arrogante, nervosa

  • Você pede desculpas quando erra?

  • Você escuta seus colegas de trabalho? ou só sua opinião prevalece?

  • Como é seu comportamento quando algo dá errado? Pensa reflete e age? ou explode como um bebê que perdeu a chupeta?

  • Como é seu humor dentro da empresa?

Esse tipo de comportamento gera esse tipo de comportamento. As pessoas elas se contaminam muito fácil pelo outro.


E aí que complica, mudar uma cultura empresarial é muito complexo. Eu disse complexo e não impossível. Porque, ou você muda ou sua empresa fecha. Porém esses gestores precisam querer e aceitar a mudar. Para que possamos a diminuir os conflitos empresariais precisamos de duas mudanças drásticas. Vejamos quais são:


1º MUDANÇA DRÁSTICA: É "tô nem aí! (jogue os ombros para cima e para baixo por várias vezes)


Agora vou falar com os empresários, gestores, diretores, coordenadores (Chefes de setor)


Para resolver "o" ou "os problemas" que a sua empresa atravessa, vocês precisam primeiro quebrar um "preconceito" criado por vocês mesmos: "As pessoas tem medo de mudar de ideias pelo julgamento dos outros, qual outros? (Sócios, familiares, clientes, sociedade como um todo. Insegurança total. E quando isso acontece o peso nas tomadas de decisões diminuem drasticamente. E aí os problemas começam a acontecer.


Isso acontece com quem trabalha sozinho também. Você tem medo de expor suas ideias para mundo, medo de dar errado.


As perguntas aqui e agora são:


  1. Deu errado? e agora? o que perco com isso? A realidade é muito menor do que os seus pensamentos destrutivos.

  2. Como você irá saber se vai ou não vai dar certo. Se você não conhece o outro lado?

  3. Problemas sempre vão continuar acontecendo, o que muda é a forma como você o encara

Faça uma gestão empresarial diferente, utilize a gestão estratégica. Para criar oportunidades de crescimento através dos problemas.


Veja também para complementar seus estudos os 6 passos para seu sucesso empresarial



Isso precisa ser parado "Agora", eu disse "Agora". Pare de se preocupar com a opinião dos outros. Mudar de ideia, retroceder, recomeçar, assumir seu erro, não é vergonhoso, pelo contrário, isso é a virada de página, isso é força máxima que sua empresa está ali esperando para deslanchar. Você não estará ferindo "sua moralidade" "auto suficiência" ou qualquer crença que você tenha criado ao longo dos anos.


Sabe o que acontece, se você fizer o "tô nem aí?" - você reencontra sua verdadeira identidade. As pessoas não percebem que quando se anulam, elas não são elas mesmas. E vivem tristes, amargas e chateadas.


Portanto, é você quem muda e não o outro:

  1. Diga "SIM" as oportunidades;

  2. Diga "SIM" as suas novas ideias;

  3. Não deixe "NINGUÉM" te parar;

  4. Declare sua opinião com clareza e sem medo


2º MUDANÇA DRÁSTICA - Problemas Uhulll?



É literalmente comemorar quando o problema chegar, agradeça, diga "Obaaaa" "vem em mim problema".


Atenção homens: Como vocês se sentiriam, ganhando um voucher da esposa para ir assistir futebol ao vivo que você é fanático e depois ir para um barzinho com os amigos para comemorar?


Atenção mulherada. Seu esposo te dou um cartão com 10.000 mil para ir gastar no shopping. como você se sente?


É exatamente esse sentimento que você precisa receber seu problema. Precisa de treino viu? no começo vai se pegar resmungando, emburrando, cara feia, nó na garganta, coração disparado de raiva. Aí você respira, pensa nessa conversa de hoje. E encara o problema de outra forma, ok?


Então é preciso analisar como você lida com os problemas. Muitos gestores analisa somente o problema em si como ele surgiu, a raiz desse problema.


Segundo o Roberto Shinyashiki, "é importante compreender a lógica que rege os acontecimentos para se aproveitar das oportunidades no mundo dos negócios em tempos de crise."


O próprio problema já é a solução. Só que ninguém vê isso.

  1. Pegue o problema como um todo e comece a "Isolar" em partes, eliminando o que deu certo;

  2. Ache a raiz do problema;

  3. Reúna a equipe e trace novas estratégias ou seja, não pense só nos problemas e sim nas soluções;

  4. Colha o feedback do cliente para saber como foi a experiência dele

Graças a esse problema, que você estrategicamente descobriu os erros. Fez a tomada de decisão e provavelmente esses problemas não vão voltar a acontecer.


Sabe quando sempre é hora de mudar ou inovar? Quando você se sentir muito confortável na situação. Coisas novas te faz ler, estudar, testar, fazer parceiros,


Vou dar um exemplo na pratica para vocês, que aconteceu comigo e como consegui resolver: Quando eu era coordenadora de uma clínica de radiologia, aqui na minha cidade, tinha um médico que sempre atrasava a agenda, os pacientes ficavam muito bravos, se sentiam desrespeitados.


Então tive minha primeira atitude: Fiz uma reunião com esse médico e disse sobre toda a situação: ele me explicou que entendia a situação, porém um exame que em média durava 10 minutos, durante o exame poderia identificar problemas e esse exame duraria 30 minutos. E que ele trabalhava em um hospital antes de vir para clínica, e que lá as vezes atrasava por atender alguma urgência. então fiz minha segunda estratégia: "Dr. porque o senhor não aumenta o período do exame? de 15 minutos para 30? ele disse que valor do exame recebido era muito baixo e que dessa forma financeiramente não ia compensar e como a fila de pacientes estava grande só ia aumentar o problema. Então com ele o problema não foi resolvido. Então orientei a todas as recepcionistas que para aquele médico x, a marcação iria mudar de informação. Deixaríamos a paciente ciente que o médico atrasava, devido a atender em outro hospital e que nem sempre acontecia mas era possível, mas que no fim ela iria ficar muito feliz, porque ele era um ótimo profissional e o que importaria mesmo era o bom resultado desse diagnóstico.


Eliminamos o problema. A paciente que sentia mal com a informação oferecíamos um outro médico pontual ou oferecia o resultado do exame com menos tempo. Ou ainda, que tínhamos um motoboy que poderia entregar na casa dela.


Porque contei essa história a vocês? Porque eu tive medo do julgamento dessas clientes. E recebia muitos, mas com um bom diálogo e falando todos os pontos positivos, tínhamos sempre excelentes resultados. O problema principal (atraso do exame) até continuou, o que mudou foi deixar o paciente ciente, e finalizar com pontos positivos.


Pense como você pode tentar resolver da melhor forma possível, deixando seu cliente feliz. Descubra tudo que puder sobre esse problema. E use o diálogo criatividade e sua tomada de decisão ferver nas suas veias. Tenho certeza que o clima empresarial será outro.


Caso deseje Assistir essa aula incrível em vídeo, basta acessar:





Espero que tenha gostado dessa matéria.


Um beijo de Luz

Jú Santana

Mais Clientes



Referências bibliográficas:


Vídeos:

https://www.youtube.com/watch?v=XfxUQ5IgvdI


Sites:


https://www.garyvaynerchuk.com/4-common-company-problems-and-solutions-that-demand-attention/


Livros:


Problemas, OBA! Roberto Shinyashiki


Mais Clientes 2019 - Todos os direitos Reservados

Home Office

  • Vou até você ou

  • Atendimento Online

Ligue

T: 034 9 9166-4304